Ocorreu um erro neste dispositivo

12.2.10

Ai Eça de Queirós, da razão que tu sempre tiveste!

Regressei ontem do estrangeiro e vim encontrar um país decadente e à beira de tocar o fundo.
Curioso é que o único canal televisivo em língua portuguesa - a RTP Internacional - me brindou com muita música e pouca informação relativamente aos grandes assuntos que parecem estar a agitar o país.
Curioso também é que a CNN clamava na 3ª feira que a Grécia, a não ser que conseguisse uma ajuda de emergência dos parceiros europeus (a coisa era apresentada através de um empréstimo ou de um avanço de fundos do BCE), estaria em bancarrota nas próximas 48 horas.
Curioso este país onde nasci e onde vivo.
Não vou naturalmente comentar nem sequer falar do fundo do poço, porque ainda lá não chegamos, mas, atendendo à eficácia do país de 1º mundo que somos, em particular naquilo que respeita ao funcionamento da justiça, da educação, da ética e da responsabilidade de todos os actores, temo bem que o nosso futuro seja mesmo o de ouvir música e de nos alegrarmos muitíssimo com as cantigas que passarão a ressoar no nosso imaginário colectivo.

1 comentário:

pinguim disse...

Neste momento só me resta aguardar onde param as ambições políticas das diferentes forças partidárias e da mesquinhez e oportunismo tão típicos do nosso Portugal.
Eu acho que sou BURRO!
Querem deitar o homem fora, deitem!!!!
Mas não querem uma crise política!!!!
Entendam-se por favor!!!!!!!!!!!
E livrem-se de "agentes" que a única coisa que querem é "glória", como Manuelas Moura Guedes e Mários Crespos.
Assumam-se por inteiro, porra!
Desculpa o desabafo.
Abração.