Ocorreu um erro neste dispositivo

11.6.08

É o país que temos, pá!

Vivemos, sem dúvida, num país muito curioso.
48 horas de paralisação e o país encontra-se à beira do caos: e ainda bem que não decidiram cortar os acessos a Lisboa e ao Porto, porque aí as coisas seriam bem piores...
24 horas de chuva torrencial e o país perde a sua principal ligação ferroviária (foi no ano passado, estejam descansados! Aliás, não está prevista chuva para os próximos dias!)
E ainda ontem as mui nobres e valorosas populações gritavam, a plenos pulmões, o seu orgulho na raça e contra os canhões, marchar, marchar!!!!
Não sei se hei-de rir ou se hei-de chorar perante tamanho desconcerto.
Às vezes ponho-me a pensar o que seria deste país se alguém se decidisse a invadi-lo. Quantas horas acham que conseguiríamos manter a soberania?

5 comentários:

Anita :) disse...

boa pergunta querido Kapitão...não sei aonde é que isto vai parar...
verdadeiramente assutador :/

beijinhos

Arion disse...

Mas olha que a perspectiva de ver Lisboa e o Porto com os acessos cortados faz-me sorrir... ;)

Umabel disse...

Nem te conto o meu dia... mas bom, bom foi a partir da 17h quando ligava para empresas ou não atendiam ou quando atendiam perguntavam que não tinha tv para ver o jogo (suspiro).

Beijinhos com carinho

mik@ disse...

hum... com o socrates a mandar...
ele dizia logo, porreiro pá!!! e a coisa durava prai 1 minuto.
kiss

pinguim disse...

Eu, que até gosto muito de ser português, por vezes ponho-me a pensar no que teria sido se não tivesse acontecido o 1º.de Dezembro de 1640? (e até nem morro de amores pelos nossos vizinhos espanhóis...)
Abraço.