Ocorreu um erro neste dispositivo

1.8.08

Insólitos Tugas (1)

Não quis acreditar naquilo que li. Aliás, pareceu-me de tal modo inverosímil que atribui a notícia a uma qualquer construção ficcional destinada a ocupar tempo e espaço, num momento em que, usualmente, as notícias escasseiam. Dito de outro modo, uma tal notícia só poderia ser fruto de uma mente delirante, por forma a não falar daquilo que realmente importa.
Mas, de facto, a notícia era verdadeira. Ou, pelo menos, foi possível confirmá-la em várias fontes noticiosas independentes.
Fiquei boquiaberto, perante o nível de cultura de algum do nosso povo. E da facilidade com que, fazendo juízos de valor (o falecido Cesariny dizia que o diabo só podia ser português dada a má-língua e a maledicência que nos caracteriza, enquanto povo!), se passa à acção. É tudo aos tiros! E com base numa discriminação que lembra, em muito, aquilo que se passa em algumas das sociedades não ocidentais, em que os direitos mais elementares são negados aos que não pensam ou não agem da mesma forma que determinados detentores do poder.
E isto, temos que convir, é profundamente assustador. Porque, amanhã, nenhum de nós está livre de levar um tiro, por parte de um vizinho, que tenha uma determinada ideia pré-concebida acerca de alguém.
Qual é a solução?
Quando qualquer gato fugir para o telhado ou para uma árvore, deixá-lo ir. Quem for o dono ou a dona, que se amanhe…
(Já agora, uma pergunta: porque razão terá o gato fugido da casa do dono? Porque razão só aceitou regressar quando salvo pelos vizinhos?)

7 comentários:

Socrates daSilva disse...

Eu já tinha lido a noticia, mas cheguei a pensar que era uma brincadeira do jornal.
Meu Deus! Estupidez, preconceito ou uma teoria extraterrestre?
Abraço

pinguim disse...

A primeira vez que li sobre "isto" (não sei como lhe chamar), foi aqui num blog e o meu comentário foi de incredebilidade; mas depois li mais aqui e ali e vi o vídeo do telejornal com a notícia; é realmente vergonhoso viver num país com tal grau de homofobia...
Abraço.

Paulo disse...

o título está mais do que adequado! há pessoas, todos os dias, capazes de nos surpreenderam nem sempre positivamente. realmente esta notícia é do mais insólito possível e inacreditável. passar do preconceito homofóbico aos tiros é mesmo muito fácil, está confirmado. a ignorância mata, dessa forma, confesso que pouco ou nada me consegue surpreender.

carpe diem disse...

Incrivel... Nestas alturas assalta-me ao pensamento... será mesmo verdade? eu já tenho idade suficiente para saber que tudo é possivel por parte dos humanos racionais(???)...

João disse...

Surreal mesmo.

fj disse...

é caso para dizer...aqui há gato ;)
Uma boa semana!
abraço

Kapitão Kaus disse...

Sem dúvida que aqui há gato, sim:) E deve ser negro, enorme...

Acho que, neste momento, já esgotei a capacidade de me espantar com esta terrinha...

Abraços a tod@s:)