Ocorreu um erro neste dispositivo

2.3.09

Estou triste

Estou triste.
Apetece-me muito escrever, já elaborei vários textos e todos descartei, porque neles me expondo demasiado. Não seriam textos públicos, mas escritas privadas. Não tive coragem para enviar nenhum deles.
Estou triste.  

6 comentários:

pinguim disse...

Essa tristeza pode ter um fim: publicar algum deles...
Abraço.

Graduated Fool disse...

Há coisas que devemos apenas escrever para nós, printá-las como uma tatuagem. Se achas que não deves partilhá-las publicamente, não tens de te sentir triste por isso.

Heartbeats disse...

Já me aconteceu muitas vezes. Por isso, fui começando a codificar os meus textos até que um dia já nem eu percebia o que escrevia...LOL

abraço

Carlos Callón disse...

Obrigado por pasares polo meu blogue e deixares unha mensaxe. Agrégoche ao blogroll!

Unha aperta!

João disse...

Então que se passa?
Como me costumas dizer...
ánimo !!!!!
Abc :)

Anónimo disse...

Kapitão, só se vive uma vez amigo e por isso te digo que devias ter a coragem para enviar, a coragem para expressar! Só se vive uma vez, FORÇA!

Abraço

Tiago