Ocorreu um erro neste dispositivo

2.1.08

Governo do Quênia fala em "genocídio": mortos chegam a 300

A notícia é 1ª página em muitos jornais e agências noticiosas.
Não é suposto a União Europeia, e Portugal em concreto, encetar todos os esforços diplomáticos para resolver ou tentar pacificar a situação?
É que, ainda há umas semanas atrás, realizou-se em Lisboa, com pompa e circunstância, uma importante cimeira consagrada ao desenvolvimento económico e humano da África e, na altura, os líderes mundiais consideraram o acontecimento da mais elevada relevância...

Sem comentários: